Arquivo mensal: maio 2013

Diário da Detox: 3º dia and going…

Oi gente!

Postando super tarde hoje… Tem que curtir um pouquinho o feriado, né?

Antes de postar meu cardápio de ontem, eu gostaria de agradecer a todos os leitores do blog pelo apoio. Hoje chegamos à marca de 300 curtidas no Facebook do blog.

Além disso, quero falar pra vocês me seguirem no instagram (@vaimariana_maguijurado, segue aí!rs), lá eu posto fotos do meu treino e das minhas comidinhas.

Agora vamos pro cardápio:

 

MEU CARDÁPIO – 3º dia:

Café da manhã:

– 1 copo de suco de inhame, batata yacon e limão

– 1 tapioca com geléia zero

Lanche da manhã:

– 1 caqui;

Almoço:

– 1 prato de salada crua: alface, rúcula e tomate;

– 2 col. de batata cozida;

– 2 col. de tremoço (enxaguado, para limpar a água da conserva, que tem muito sal);

– 2 col. de carne de panela;

– 2 col. de abobrinha refogada com tomate;

Lanche da tarde 1:

– 1 goiaba;

– 1/2 pote de creme de alfarroba (é um docinho do bem, mas exagerei na quantidade, eu sei…)

– 1 pêra;

Lanche da tarde 2:

– 1 punhado de canjica com sal marinho (essa canjica é o máximo, sacia e é pouquíssimo calórica! vou mostrar aqui em breve!);

– 1 maçã;

Jantar pré treino (um pouco de carboidrato para evitar o catabolismo):

– 1/2 cumbuca de sopa de lentilha;

Jantar pós treino (um pouco de proteina para recuperar o músculo):

– 2 ovos mexidos com cenoura e ervas;

Gostaram? Viram que, de acordo com o meu horário de treino, eu faço uma reorganização das refeições à noite?

Beijos

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , , , , ,

Diário da Detox: 2º dia e estrutura do cardápio

E aí meu povo?

Vim aqui pra contar pra vocês como foi o meu 2º dia na detox. Antes disso, vou mostrar a estrutura básica do meu cardápio, para vocês entenderem melhor como eu monto as minhas refeições.

ESTRUTURA DO CARDÁPIO

Café da manhã:
– 1 copo de suco verde desintoxicante (no meu caso estou revezando o suco verde com outros, para colocar o inhame, com o objetivo de ajudar no controle dos meus hormônios que estão desregulados);

– 1 porção do grupo do “pão” (tapioca, pão sem glúten, torrada sem gluten, bolacha de arroz,etc.);

– 1 porção de acompanhamento para o pão (patê caseiro, geleia 100% frutas, banana amassada com canela, ghee, manteiga, etc.);

– 1 porção de fruta (qualquer fruta, ou um copo de salada de frutas, quando consumo banana, ponho direto na tapioca ou torrada);

Lanche da manhã:

– 1 fruta

Almoço:

– de 1/2 a 1 prato de salada crua (folhas, legumes);

– 1 porção de proteína (1 bife, 1 filé de frango, 1 posta de peixe, 1 lata de sardinha, 2 ovos mexidos);

– 3 col. de carboidrato do bem (arroz integral, quinoa, mandioca, mandioquinha, inhame, batata doce);

– 3 col. de legumes ou verduras cozidas/refogadas;

– 2 col. de “grãos” (feijão, grão-de-bico, lentilha, feijão fradinho, ervilha);

– 1 fruta de sobremesa;
Obs: Aqui às vezes eu diminuo as porções, porque é muita comida pra mim!rs

Lanche da tarde 1:

– 1 porção de cereal ou “pão”;

– 1 porção de fruta;

Lanche da tarde 2:

– 1 porção de fruta;

Obs: Eu tenho invertido os lanches da tarde, pois tenho saído do escritório diretamente para a academia. Pra treinar, é necessário que tenhamos consumido ao menos 30g de carboidrato antes do início do treino, o que justifica a troca.

Jantar:

Repetir o almoço, tirando o grupo dos “grãos”;

Ceia:

– 1 porção de fruta (se tiver jantado muito antes de ir dormir);

MEU CARDÁPIO – 2º dia:

Café da manhã:

– 2 copos de suco de inhame, framboesa congelada, banana e kiwi

– 1 punhado de pipocas de canjica com sal marinho (estava atrasada…hehe)

Lanche da manhã:

– 1 caqui;

Almoço:

– 1 prato de salada crua: alface, rúcula e tomate;

– 2 col. de arroz (comum… minha mamis não fez o integral);

– 2 col. de tremoço (enxaguado, para limpar a água da conserva, que tem muito sal);

– 1 filé de frango grelhado;

– 2 col. de brócolis cozido;

Lanche da tarde 1:

– 1 barrinha de alfarroba (vou falar dela em breve!);

– 1 pêra;

Lanche da tarde 2:

– 1 punhado de canjica com sal marinho (essa canjica é o máximo, sacia e é pouquíssimo calórica! vou mostrar aqui em breve!);

– 1 goiaba e 1 maçã;

Lanche da tarde 3 (sim… teve um terceiro lanche, pois fiquei trabalhando até mais tarde e depois ia treinar):

– 1 espiga de milho cozido;

Jantar:

– salada crua: alface rúcula e tomate;

– 2 col. de carne de panela;

– 1 batata cozida pequena (só para me recuperar do treino, pois já tinha consumido bastante carbo antes de ir pra academia);

–  2 colheres de abobrinha cozida;

Reparem que, quando saio do meu horário normal, tento remanejar alguns elementos do cardápio.

Dúvidas pessoal???

Esse foi mais um dia de detox… Amanhã posto o que consumi hoje, ok?

Etiquetado , , , , , , , , , , ,

Um buraco

Olha, deixa eu te contar uma coisa para a qual você talvez não esteja preparad@. Senta aqui do meu lado, pode segurar minha mão: Emagrecer não vai mudar nada.

Vai mudar seu corpo, mas não vai mudar como você se sente. Você pode começar a usar 40. 38. 36. (34 não, sérios, não usem 34. É pequeno demais). Isso não vai mudar seus sentimentos. Isso não vai fazer com que seus problemas desapareçam.

Entenda-me bem: os problemas que o sobrepeso trouxe podem sim desaparecer. E provavelmente irão. Se você tem colesterol alto, se sente dor no joelho, se sente dor nas costas, se a calça não fechava, se a dobrinha da perna assava de saia (#sinceridades), acredite, esses problemas podem sumir com a perda de peso.

É como se você caísse em um buraco e ficasse lá, gritando com toda a sua força, do fundo escuro de um buraco fundo “Me ajudem!!”.  Você vai se cansar, ter fome e sede. Se chover, você vai matar a sua sede. Alguém pode passar e deixar algo para você comer. Mas, olha, você ainda está no fundo de um buraco.

Podem te dar um edredon, você pode mandar instalar banda larga, pode colocar porcelanato e cobrir com um tapete persa, cama king size e edredon de 800 fios. Sinto lhe dizer que você ainda assim vai estar dentro de um buraco. Confortável, mas um buraco.

Você precisa pensar, precisa se ouvir e lembrar porque foi que engordou da primeira vez, o que desencadeou a compulsão ou o descuido. O que foi que te tornou sedentária? Qual o problema?  Você consegue encontrar uma razão para como se sente em relação ao seu corpo? “Que postura você precisa mudar para ficar mais saudável?” é uma pergunta que guia o meu dia.

Sem pensar nessas coisas, emagrecer sempre vai ser a garrafa de água para uma pessoa presa em um buraco: você vai estar magra, mas nunca ser saudável. Sem sede e confortável, mas no fundo de um lugar escuro. E, bem, qual é o real sentido de mudar se a mudança não for real?

8844b2ac899e6c36cce9cdb7e1ab4561

Etiquetado , , , , ,

Diário da Detox: 1º Dia

Olá!!!!
Conforme prometido, segue o cardápio do meu primeiro dia de detox:

Café da manhã (7:30):

– suco de inhame cru com framboesa congelada e abacaxi (eu sei que parece estranho, mas é gostoso! E ajuda a regular os hormônios. É só não cozinhar o inhame, senão fica ruim)

– tapioca (não tem glúten e substitui o pão) com banana e canela (coloco a banana no microondas com a canela).

Lanche da manhã (10:30):

– goiaba

Almoço (13:00):

– salada crua: alface americana, escarola, agrião e tomate (salada crua pode comer à vontade e antes de iniciar a refeição)

– 2 colheres de beterraba

– 1 filé de frango grelhado

– 2 colheres de arroz integral

– 2 colheres de feijão preto (não feijoada)

– 1 rodela de abacaxi de sobremesa

 Lanche da tarde 1 (16:00):

– 1 alfarroba recheada com côco

Lanche da tarde 2 (18:30):

– 1 maçã

– 1 pêra

Jantar (21:00):

– salada crua: alface americana, rúcula e tomate

– 2 colheres de brócolis

– 1 frango grelhado

– 1/2 cumbuca de feijão (aqui substituí uma porção de carboidrato por mais feijão – que também é carboidrato- porque gosto de comer feijão como se fosse sopa, na cumbuca)

Ceia (23:00):

– 1 carambola

Image

Almoço no kilão perto do escritório. Viram como é possível?

Apesar das restrições, não é nenhum bicho de 7 cabeças fazer a detox, não é mesmo?

Comidinha caseira resolve o problema!

Vamos comer de forma saudável?

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , ,

Diário da detox: Restrições e novos hábitos

Olá meus amores,

Como eu disse ontem, retomei a minha detox. Serão 30 dias com várias algumas restrições, que em princípio podem parecer radicais, mas que são essenciais para “limpar” o organismo, melhorando seu funcionamento e aumentando o metabolismo.

Com o tempo vou explicando o motivo de cada “corte”, e a relação de alguns alimentos com a chamada alergia tardia (aqui e aqui tem posts legais adiantando o assunto).

Restrições absolutas (não consumir por 30 dias):

1. Glúten (farinha branca, aveia, etc.)

2. Lactose (leite de origem animal e seus derivados)

3. Frituras

4. Açúcar (mesmo orgânico, mascavo e mel – frutose pode)

5. Álcool

Image

Sem cervejinha no findi…

Restrições relativas (evitar ao máximo):

1. Soja (ao contrário do que muita gente pensa, é uma vilã… Descalcifica os ossos)

2. Corantes e aditivos químicos, o que significa esquecer

– Sucos industrializados, refrigerantes, água com gás, água de côco de caixinha, suco em pó (eu tomo só o “Do Bem” que é orgânico e sem conservantes, mas existem outros que são permitidos);

– Adoçantes à base de aspartame, sacarina e ciclamato (utilizar stevia, sucralose – de preferência o Línea – ou agave);

– Condimentos industrializados, tais como Sazon, Caldo Maggi, Molho Inglês, Catchup, Shoyu (o light é melhorzinho), fujam de uma coisa chamada Glutamato Monossódico!!!!;

– “Pózinhos”: sopinhas, sucos, pudins, etc.;

– Balas, chicletes, bolachas recheadas e salgadinhos;

– Sal comum (utilizar sal marinho, flor de sal ou sal do himalaia);

– Congelados.

Gente… EU SEI QUE PARECE DIFÍCIL, MAS NÃO É!!!! Se a gente parar pra pensar, a ideia é bem simples: passar a consumir alimentos, “comida” de verdade, e não produtos alimentícios. O negócio é fugir das “praticidades” que o mercado nos impõe.

Uma dica muito importante é ler o rótulo dos produtos que consumimos, verificando os ingredientes, que estão listados em ordem decrescente de quantidade. Tem muita coisa que é “do bem” e a gente nem sabe (biscoito de polvilho, um beijo!).

Com o tempo a gente se acostuma a comer direito.

Hábitos a incorporar:

1. Comer a cada 3 horas (sério mesmo?)

2. Comer um prato de salada crua antes das refeições

3. Evitar chá preto e café (cafeína)

4. Consumir pelo menos 5 frutas por dia

5. Dedicar ao menos 30min para a refeição (mastigação)

6. Consumir líquidos apenas 1:30h após as principais refeições (almoço e jantar)

7. Variar os nutrientes ao máximo (por exemplo, variar a proteína entre frango, peixe, carne vermelha e ovos)

8. Tomar entre 2L e 2,5L de água por dia (jura?rs)

9. Consumir alimentos orgânicos sempre que possível!

É isso aí meu povo… Sei que parece difícil, mas conforme eu for postando meus recordatórios (a lista de tudo que comi no dia anterior), vocês vão perceber que é mais natural do que parece.

Dúvidas? Comentem! Vou responder tudinho nos comentários.

Beijos

Update: Me perguntaram sobre a aveia – que eu disse acima para evitar – porque os nutricionistas falam que a aveia é ótima, etc.
Realmente a aveia tem várias vantagens, é rica em fibras, dá a sensação de saciedade e controla os açucares das frutas, etc. Eu mesma consumo muita aveia batida com frutas em épocas normais.
Ocorre que esta é uma dieta de desintoxicação, onde o glúten está proibido por ser um alérgeno (acima eu linkei posts que falam sobre alergia tardia), e a aveia contém glúten. Sendo assim, neste período, ela não é permitida, podendo ser facilmente substituída por quinua em flocos ou amaranto, que não tem glúten e cumprem a mesma função.

Etiquetado , , , , , , , , , , , ,

Ver TV para Emagrecer

Siiiiiim, vocês leram isso. Ver TV para emagrecer. Só que não né.  É impossível perder peso parado, e, a menos que você esteja doente ou usando uma cinta vibratória da polishop, não vai rolar.Eu só queria convencer você a vir aqui ler o post 😉

Acontece que emagrecer não é apenas uma questão de menos calorias. Mudar de postura também é necessário! E, nesse ponto, trocar sessões de Grey’s Anatomy que PEDEM Litros de sorvete de doce de leite por uns realities bem inspiradores pode ser uma boa ideia.

tumblr_mgdrwnI9uW1s30b46o1_500

(Já ISSO não é uma boa ideia)

Como hoje eu estou de molho doentinha em casa e só me restou a TV e uma garrafa de água de dois litros para tentar sobreviver ao dia (resquícios de um final de semana animado e cheio de calorias exercício que ainda vai render post por aqui!), eu aproveito para dividir com vocês os meus seriados preferidos, mas aqueles que ajudam 😉

1.  Quilo por Quilo (Extreme Makeover, Weight Loss Edition)

No Brasil passa no DH&H, e é reapresentado o tempo todo. Apesar da tradução de título tosca desnecessária, o programa é MUITO bom. Para quem ainda não viu, a ideia é a seguinte: você tem um ano para mudar a sua vida. Mudar de atitude, de alimentação, a forma como você lida com e, com isso, emagrecer.

Gosto demais desse seriado porque, ao contrário dos outros, o foco é no exercício, não no emagrecimento. Quem passa pelo programa normalmente tem uma mudança de paradigma – e você vê claramente as pessoas pararem de mimimi e começarem a fazer algo por si mesmas. Sem falar que existem poucas coisas mais legais que um antes e depois né? Eu adoro!

O Treinador, Chris Powell também tem um site com um blog muito bom, com várias diquinhas de exercício. Além de ser uma delícia uma boa razão para ver EM:WLE.

cris

(Não é por isso que eu vejo o seriado. Eu juro)

2. The Biggest Loser

Dispensa apresentações. Não conheço NINGUÉM que não goste de The Biggest Loser, porque ele une três coisas que todo mundo ama: competição, imagens de antes e depois e CONFUSÃO.  Os participantes se amam, se odeiam, fazem conchavos que são apenas uma mentirinha para colocar alguém para fora, e tudo isso enquanto correm loucamente nas esteiras da academia do rancho pagando cofrinho. Uma mistura irresistível.

Eu não sou muito à favor dessas mudanças super drásticas, porque, falando sério, quem consegue manter 24 horas de academia por dia??  É muito divertido, se você ignorar essa parte de fantasia, ou encarar mesmo só como um seriado. A cada temporada os participantes ficam maiores, e as mudanças de corpo ficam cada vez mais drásticas.

E, sabe uma coisa que é mais legal ainda? Você sabia que a Jillian Michels era… GORDEEENHA?

 

tumblr_mdczm6HwZN1qj6ufvo1_500

(Chupa, society)

3.  Esquadrão da Moda (What not to wear)

“Mas, Rosa, Esquadrão da Moda não é um seriado de emagrecimento” você me dirá. Mas What Not To Wear é, com certeza, um dos seriados mais incentivadores de todos os tempos. Por que ali é gente real lidando com corpos reais e ficando linda exatamente do jeitinho que cada um é. Não importa se você usa 54 ou 36, é impossível sair do WNTW sem estar absolutamente deslubrante: e eles provam isso para você

Emagrecer é muito legal (se você não leu esse post, leia agora) mas também é uma questão de amor próprio. Estar linda não tem a ver com o seu peso, apenas, mas muito mais em como você se sente em relação ao mundo. E o What Not to Wear mostra que isso é muito verdadeiro: inclusive, a maior parte das participantes é de mulheres que emagreceram e continuam a se vestir mal, porque não enxergam o próprio corpo.

Assisto desde a adolescência, e o programa só fica melhor. Não perco um, e é uma das razões pelas quais eu não saio de casa de quarta feira à noite (EU ASSUMO, É POR ISSO!), dia em que o seriado passa. A combinação da acidez do Clinton Kelly e a ironia da linda Stacey London é de arrasar.

A Stacy London, inclusive, é uma das minhas maiores inspirações fitness ❤

melhor nao

(Stacy London desaprova estar em terceiro lugar)

#VaiMariana

Etiquetado ,

Hora de desintoxicar!

Meus amores,

Como muitos de vocês sabem, desde 11/2012 tenho feito reeducação alimentar/acompanhamento nutricional. Mais que “fazer dieta”, a intenção sempre foi me reeducar e adquirir novos hábitos, tendo a perda de peso como consequência.

Acontece que quinta-feira passada fui à nutricionista e tive uma grata surpresa! Obtive meu melhor peso desde que comecei a dieta, em 11/2012.

Estou agora com 63,3kg. Pode parecer um resultado pífio, já que na pesagem da avaliação física da academia, realizada um mês atrás, eu estava com 63,5kg. A questão aqui é que eu estava bem relapsa com a dieta, sabe? Passei por alguns probleminhas pessoais que fizeram com que eu me afogasse nos doces!

Mas mesmo com tantos doces, e graças aos hábitos que incorporei, eliminei mais essas 200g. E aconteceu algo ainda melhor que isso: perdi medidas! Muitas! Só pra vocês terem uma ideia, foram 4cm de perna (nunca perdi perna na minha vida! tô muito feliz!), 2,5cm de cintura (voltei a cintura de quando tinha 18 anos) e 2cm de braço.

Tudo isso graças ao combo reeducação alimentar (que estava “daquele jeito”) + rotina de exercícios (que eu comecei há +- 1 mês).

Maaaasss como nem tudo são flores, fiquei me perguntando quais seriam os resultados se eu não tivesse “jacado” tanto nos doces… Obviamente os resultados seriam muito melhores!

Percebi que a minha alimentação tinha piorado, e que minha dieta precisava de um “chacoalhão”.

Foi aí que eu resolvi retomar a dieta prescrita pela minha nutricionista! Mas retomar mesmo, inclusive a fase inicial, de desintoxicação. É uma fase bem complicada, pois tem muitas restrições… O objetivo é “limpar” o organismo, para que ele funcione bem, absorvendo o máximo de nutrientes e melhorando o metabolismo.

Image

Para essa nova empreitada eu conto com a ajuda de vocês, ok? Vou postar aqui um “diário da detox”, com o meu recordatório alimentar, pra vocês terem uma noção de como a coisa está indo, e pra puxarem a minha orelha se eu der uma escapada.

Ao longo da detox, eu vou postar as restrições, a estrutura do cardápio, dicas de produtos, alimentos que eu consumo, etc.

O recordatório vou postar sempre no dia seguinte, certo? Assim vocês vão saber tudinho que eu comi no dia anterior! Quem quiser acompanhar em tempo integral é só me seguir no Instagram (@maguijurado Segueaê!!!!rs).

E aí? Vocês estão comigo nessa?

Conto com vocês!

Etiquetado , , , , , , , , , , ,

Emagrecimento: Vamos dormir um pouquinho mais?

Meus amores, estava aqui lendo o último post da Mari R., contando suas dificuldades para pegar no sono, e as técnicas que ela usa para conseguir dormir.

Pegando carona no assunto, eu vim aqui para falar sobre um assunto que é pouquíssimo lembrado pelas gordinhas e gordinhos na hora de estabelecer um plano de emagrecimento: O SONO!

Ei que ontem eu estava lá no consultório da minha nutricionista linda, deusa, diva, Cinthia Perine, contando o que tinha comido no último mês e meio e contando, toda orgulhosa, a minha nova rotina fitness. Falei pra ela – me achando a maior rata de academia do mundo –  que estava indo com frequência à academia, ainda que eu chegasse lá às 23h e saísse às 00h (sério gente… teve dia que eu fui a última pessoa a sair de lá #medo).

Foi aí que veio o maior puxão de orelha do século! Pior que se eu tivesse comido uma barra de chocolate inteira acompanhada de um balde de pipoca com manteiga e Coca-Cola 2L.

O negócio é o seguinte, além da necessidade de dar tempo ao nosso corpo para que ele se recupere dos exercícios, é durante o sono que são produzidos diversos tipos de hormônios vitais ao funcionamento do nosso corpo. Para o emagrecimento, o mais importante deles é o hormônio GH (conhecido como hormônio de crescimento, aquele que nos faz “espichar” quando somos crianças).

O hormônio GH têm, entre outras funções, ajudar a manter o tônus muscular, evitar o acúmulo de gordura e melhorar o desempenho físico.

Segundo alguns especialistas, pessoas que dormem pouco tem o tempo de sono profundo reduzido, que é justamente quando o hormônio GH é produzido (aproximadamente após a primeira meia hora de sono).

Como se isso não bastasse, a redução do sono faz com que o organismo produza em maior quantidade um hormônio chamado cortisol. Esse hormônio normalmente é produzido quando passamos por uma situação de perigo. Diante dessa situação de perigo, o corpo acumula mais gordura, para utilizar em caso de necessidade.

Sendo assim, para quem quer emagrecer é MUITO importante dormir bem! Entre 6 e 8 horas por noite. Segundo a Cinthia, o ideal é ir para cama às 23h, para ter uma produção máxima de hormônio GH, o que acontece lá pela 1h.

Gente… Eu sei que não é fácil… Eu mesma costumo chegar tarde em casa, passo as madrugadas fazendo tarefas da pós, levando trabalho para casa… Mas temos que tentar dormir o máximo possível. E, de preferência, um sono de qualidade.

Seguem algumas dicas para tentar dormir cedo e ter um sono tranquilo:

– Não usar aparelhos que emitam luz – como celulares, computadores e televisão – antes de ir se deitar. Eles deixam você “ligado”, o que pode provocar a insônia.

– Fazer alguma atividade relaxante antes de dormir, como ler, escutar música, meditar… Eu gosto de ouvir música de meditação, ou então uso um aplicativo com barulho de chuva. Evito ler antes de dormir porque a maioria dos meus livros são baixados no smartphone;

– Esvaziar a mente. Meu sogro é budista e medita. Como eu nunca meditei na vida, ele fala para eu deitar e tentar simplesmente não pensar em nada;

– Anote tudo o que você tem para fazer no dia seguinte. Eu SEMPRE perdia o sono por causa do trabalho. Listava mentalmente todas as minhas tarefas e, às vezes, acordava no meio da noite para lembrar de alguma tarefa que havia esquecido de inserir na minha “anotação mental”;

– Consuma alimentos ou suplementos com efeito calmante. A minha nutri me prescreveu umas gotinhas de camomila, passiflora e mulungu para dormir. Funciona que é uma beleza! Chá de camomila, de valeriana, suco de maracujá… Vale de tudo por um boa noite de sono!

Image

Alguém já tomou isso aqui?

E agora, respondendo à pergunta que a  Mari R. fez no final do post, SIMMMMMMM!!!! Faça mais posts desse tipo!!! Dormir, descansar e relaxar é fundamental para o bem-estar e tem tudo a ver com a vida fitness!

Vamos dormir um pouquinho mais (e melhor)?

Beijos

Etiquetado , , , , , , , ,

“…just put down the glass…AND GET OUT!”

Desde que eu voltei para a casa dos meus pais, eu tenho tido essas crises de insônia constantes. No começo do ano passado – talvez pelo momento pessoal em que eu vivia – eu simplesmente não dormia. Cochilava, ficava em vigília por dias, mas pegar no sono, dormir por mais de 3 horas era impossível.

Depois de um tempo o meu sono passou a ter horário, mas ele também passou a ser permeado com pesadelos horríveis, e acordava gritando, acordando a casa toda. Meus pais me realocaram para um quarto perto do deles e eu comecei a tomar remédios para conseguir parar de chorar depois dos pesadelos(lembra-se de acordar chorando quando era criança? Então, fazer isso depois de adulta é pior ainda, porque você não sonha com monstros, mas com pessoas).

Beyoncé também não curte muito pesadelos

Hoje em dia as coisas estão mais tranquilas, mas quem me segue no twitter é diariamente brindado com um relato do meu pesadelo do dia (Não me segue ainda por quê? @outrarosa). Virou até uma brincadeira descrever meus sonhos de terror. Eu tenho a cada semana acordado menos chorando ou gritando, o que eu já considero uma vitória. Uma amiga querida (Beijo, Nadine!) me indicou uns vídeos de meditação guiada para ajudar a pegar no sono… e o negócio funciona.

Comecei a testar semana passada, na quinta feira, no meio de um surto de pesadelos que estava me enlouquecendo… e o negócio é poderoso.

Primeiro e por uns dois dias, ouvi “Guided Meditation – Gratitude” em que a voz te conduz a agradecer pelas bençãos da sua vida, as pessoas que te cercam, o ar… Eu pego no sono depois que ele fala do ar, com uns 4 minutos de vídeo.

Depois que comecei a ficar pró em agradecer ao universo, migrei para a meditação do auto perdão. É isso aí: se perdoe por comer demais, pela compulsão, e por ficar aqui lendo meu texto quando devia estar trabalhando

Semana que vem eu vou tentar o Guided Meditation for Self Confidence! Ahá, esse assunto nós curtimos hein? Eu ouvi só um pouquinho

Eu estou gostando muito de relaxar com esses vídeos. Para quem não fala inglês, tem videos em português, espanhol e outras línguas! Eu gosto de ouvir em inglês porque segura a minha concentração, eu sou muito dispersa, e ter que usar os dois lados do cérebro garante que eu vou prestar atenção o suficiente.

Esse vídeo também mostra como você pode hipnotizar seus amigos de uma forma muito efetiva

“There are no questions in the happy place!!”

Quem usa mantra ou meditação? Vocês gostam desse tipo de post ou eu devo focar na minha rotina de fitness e bem estar mesmo?

Beijo e  #VaiMariana!

ps: Gente, eu recebi umas mensagens muito fofas de gente me falando sobre usar chapéu. Eu vou viajar com a Mari C. esse final de semana e na volta posto uma foto de chapéu, para ver se era coisa da minha cabecinha mesmo! Obrigada!

Etiquetado , , , , , , ,

Comédias da vida plus size: Jantarzinho light

batata

(no pão de açúcar – às 11 da noite…)

A moça: “Hum… Que fominha… Nesse friozinho… Vou pegar uma sopinha!”

(no caminho da sopinha…)

“Hum. Batatinha!”

“Acho que vou pegar dessa light. Assada.”

“Hum… Só tem de frango grelhado. Não gosto.”

“Vou pegar a de azeitona mesmo. Ahnnn… É frita. Mas… Vem pouquinho.”

(já em frente às sopinhas…)

“Ahnnn… Legumes? Naaa… Aipo? Urgh. Caldo verde? Hummm… Não. Muito pesado.”

“Feijão? Não. Estou de regime. Abóbora? Abóbora eu gosto, e é light.”

“Mandioquinha! Fechô!”

“Mas… Preciso duma torradinha.”

“Light.”

“Vou ver o que tem na padaria…”

(na padaria…)

Moça: Moço! Me vê um pãozinho?

Moço: É pra já, linda! O que mais?

Moça: Hum… E uma carolina (“só uma”).

(Ao pesar a “uma” carolina…)

Moço: Moça, a balança não lê só uma carolina. Vou ter que por duas.

Moça: Tá bom.

Moça: Põe essa grandona.

Moça: Hahahah, eu acho que se pedir tudo de um vou ficar mais magra!

Moço: Emagrecer pra que, linda? Onde, linda?

Moça: Embrulha tudo e vamos embora!

(em casa…)

“Jantarzinho light: uma batatinha frita. Um pãozinho. Duas carolinas. Ah tá, também tem a sopinha. E esse restinho de suco? Laranja… Natural! Não entendo porque não emagreço.”

Veríssimo ficaria orgulhoso.