Arquivo da categoria: drama

A Centopeia Triste

Os últimos anos me apresentaram às minhas primeiras rugas, umas espinhas (puberdade aos quase 30, quem nunca) e também à uma triste realidade: salto fino acima de 8cm não é mais para mim, principalmente depois do começo de joanete que apontou no pé em algum momento de 2013, cujo crescimento tenho evitado à base de muita reza.

Eu não tenho carro. Nem pretendo ter. Então todos os meus sapatos deveriam ser confortáveis, mas não. A maior parte dos meus sapatos é formada de altos, pesados e finos saltos, comprados naquele impulso e naquela impressão de que um sapato mais alto te faz melhor de alguma forma, mais sensual, mais bonita, e não é à tôa que a maioria dos sapatos que tenho comprei durante o auge do meu peso.

Passei tempo demais me consolando com belos enfeites para todo o tipo de vazio. Unhas e sobrancelhas sempre feitas, batons e maquiagem impecáveis, belíssimos saltos altos, tudo para tentar me sentir melhor, sem que nada desse o efeito que eu queria: me sentir satisfeita comigo.

Triste demais assumir, principalmente se você estiver se enchendo de sapatos caros, que satisfação nunca vem de nenhum aspecto exterior a você, e que mesmo que eu usasse meus lindos saltos de verniz vermelho pendurados em um colar no meu pescoço, isso não bastaria.

Nem se eu pudesse comer os sapatos. Nem se eu pudesse comer toda a comida dos restaurantes caros que não frequento mais. Nem se eu engolisse todos os esmaltes importados e me embebedasse de perfume.

Cansei de me esconder atrás de pilhas de comida, de sapatos e de produtos de beleza, de achar que essas coisas lindas poderiam criar algum tipo de valor, algum tipo de característica, algum tipo de distinção. Demorou para perceber que nenhum sapato poderia me dar o que eu não conseguia enxergar atrás do meu próprio reflexo no espelho. Quando as pessoas elogiavam algum dos meus enfeites, o elogio era ao objeto, e não à mim. E perceber isso dói.

No último mês eu joguei fora duas sacolas de produtos de beleza, tirei 6kg de roupas para doação e hoje 17 pares de sapato. Um peso a menos que substituí com um par de mocassins de oncinha, de solado de borracha e tecido macio, um batom vermelho de duração 24 horas e um perfume de mel, jasmin e flor de laranjeira.

Tudo doce, tudo lindo, divertido e confortável, assim como espero que as coisas sejam daqui para frente.

0137d704e0e0ae1a29a92409382274fe

Anúncios