Arquivo da tag: rotina

Janeiros… Fevereiros.

Estou há um mês trabalhando sozinha, de casa, com clientes amigos e amigos clientes. Cada caso é muito especial, cada cliente é único, e eu nunca me senti tão satisfeita, e apesar de no momento minha conta bancária estar mais para monge franciscano que advogada, a calma e a tranquilidade compensam.

Pela primeira vez desde 2003 eu tenho tempo para mim (nossa, que horror pensar nisso!) e o resultado de mais essa mudança, por enquanto, foi perda de peso e idas tão constantes à academia que os professores aprenderam meu nome depois de dois anos.

Ser conhecida pelos instrutores é incrível quando você precisa de um incentivo e péssimo quando se está em uma sala cheia onde ele só a conhece, porque grito repetidos de “VAAAAAAAAAAAI MARIANAAAAAAAA” passaram a acontecer diariamente.

10991323_771141599635979_9019717561166078815_n

(Você não vê a diferença? Olha de perto… meu cabelo está crescendo 🙂 )

Meu treino de musculação mudou para séries mais complexas e longas, com aumento de carga durante a série e de acréscimo de repetições. Com o tempo disponível, passei a fazer outras aulas além do meu sagrado spinning de sábado de manhã: por enquanto, Circuito e Rubber (quase um Trx), aulas que queimam tudo e fazem com que eventualmente eu suba o ônibus em passinhos de idosa.

Circuito é amor, mas o Rubber é desespero. Imagina um elástico bem tenso. Agora imagina segurar esse elástico no seu pé. Agora imagina elevar as pontas desse elástico acima da sua cabeça lentamente, descer lentamente, elevar lentamente, até que você deseje que esse elástico estoure logo pelo amor de Deus, durante pelo menos 40 minutos.

Eu estou feliz e meus braços estão cansados. Acho que é uma excelente combinação ❤

Anúncios
Etiquetado , ,

CULPADA: Herbalife!

Sei muito bem que muita gente odeia Herbalife. Eu mesma tenho minhas restrições a eles quanto empresa, à estrutura organizacional, mas, olha, não tem como dizer que não funciona. E tem todo sentido de funcionar: emagrecer, per se, é criar déficit calórico. Com um almoço de pouco mais de 200kcal, fica mais fácil, não?

Eu fui a um espaço pela primeira vez em novembro de 2011: estava desesperada de gorda para ficar mais saudável, dei um google, vi que tinha um lugar que vendia perto de onde eu morava e lá fui eu. Passei a almoçar naquele Espaço todos os dias e ainda tomava o shake de manhã. Emagreci os meus primeiros quilos assim. Depois continuei a reeducação e voltei agora, em maio de 2013, a almoçar no EVS.

Para quem nunca foi, explico como funciona: eles têm uns Espaços para consumo do Shake, que chamam de Espaço Vida Saudável. Geralmente abrem para almoço, mas existem EVS que abrem para café da manhã, almoço e janta. Você chega, paga R$10,00 e tem direito àquilo que eles chamam de “Refeição Nutricional”zzzzZZZZ.

Dois copos gigantes de chá (na verdade um pó que eles dissolvem na água, fica quase um suquinho) e um copo de shake. Só isso. Sim, só isso. Parece pouco? É. Mas eles dizem que tem todos os nutrientes necessários para uma refeição, com baixa caloria. Eu acredito? Sim. Porque não fico com fome imediatamente depois da refeição (se bem que ninguém ficaria com 2lts de água no estômago).

Image

(Esse foi meu Shake Especial de aniversário. Expressão de alucinada é cortesia da casa)

O que eu mais gosto do Espaço é a convivência: dividir impressões com as pessoas, emagrecimento, ter alguém diferente para conversar e fazer novas amizades são pontos que e valorizo demais como participante do EVS. Quanto a negativo, eu assumo que tem dias que é difícil não querer mastigar. Quando está frio ou chovendo, é duro ter de tomar shake.

Agora, porquê funciona para mim?

Eu gosto demais de comida para conseguir me privar do que gosto o tempo todo. Sou gorda porque gosto de comer, não tem jeito. Tomar o Shake no almoço, por exemplo, retira de mim a culpa se eu decidir jantar um hambúrguer com batata frita, e faz com que eu consiga equilibrar melhor minhas emoções. 

Mas assumo: por mais que eu me esforce, ainda não é uma coisa que eu faço com prazer. Vira e mexe eu peço um shake de arroz, bife e batata frita! 😉

Você já tomou Herbalife? Faz algum tipo de substituição nutricional? Me conta!

 

#VaiMariana

Etiquetado , , , , , , ,

… I had the time of my lifeeeee”

Eu volto, e com boas notícias:

Eu consegui ir à academia quatro vezes na semana passada, e em todas tinha um objetivo certo: correr o máximo que eu pudesse no (pouco) tempo que eu tinha. O melhor desse empenho? Eu consegui fazer meus primeiros 5k sem morrer, abaixo de 40′! Pode parecer pouco, mas, olha, para essa Mariana quer dizer DEMAIS! Eu, inclusive, fiquei enchendo o saco das pessoas mandando foto da esteira e postando essa notícia no Instagram porque, né, POR QUE NÃO!?. (Aliás, me sigam lá! @outrarosa)

tumblr_mnx4meAozC1qilmpao1_500

(Eu assumo que cantei essa música para mim mesma ao sair da esteira)

Eu faço um esquema mais light de corrida, porque né, ainda estou fortalecendo!

  1. Aqueço caminhando por 3 minutos, velocidade 6,0;
  2. Troto por 2 minutos em velocidade 7,5;
  3.  Corro por 4 minutos em velocidade 9,5;
  4. Troto por 2 minutos em velocidade 7,5;
  5. Corro por 4 minutos em velocidade 9,5.

E etc, etc, etc, vocês entenderam. Faço isso por 40 minutos, que é o tempo que tenho para ficar na academia. Se me sinto muito cansada, se não estou aguentando, desço sem neuras para mais 3 minutos caminhando a 6, que é melhor que ter uma lesão por esforço.  Tenho feito uma média de 5 – 6 km, mas a intenção é chegar a 10 km em 40 minutos até o final do ano. Aguardem!

Li uma reportagem  que diz que o ideal para gerar um gasto calórico efetivo com corrida é alternar intensidade, então, bem, é o que eu faço. A parte boa é que com isso eu adéquo o ritmo da música ao da passada e consigo ouvir boa parte das minhas músicas favoritas mais animadas. Tenho ouvido demais essa aqui para correr (e meio que lipsync a música enquanto corro, o que é meio patético):

http://www.youtube.com/watch?v=17ozSeGw-fY

“..So I put my faith in something unknown, I’m living on such sweet nothing…but I’m trying to hope with nothing to hold.. oooohhh”

Eu passei um dos dias da semana meio tristinha (malditos sejam os homens e seus corações de pedra) então eu comi foi um pacotinho de salgadinho e outro de suspiros (E mais uma vez te pergunto… PORQUE NÃO NÉAM?). Mas tirando isso eu mantive a dieta bem encaminhada e sem exageros noturnos, que é o meu pior hábito. Resultado? Final da semana, -1,5kg!!

E a festa do sábado? Nunca me senti melhor. Valeu a pena!

1002408_462990167117792_2103675094_n

Update: O Éverton (aka Gourmet Saudável , “corredor” ou “A Pessoa que fica me mandando fotos da Esteira”) estourou meu balão hoje à tarde: se eu quiser fazer 10k em 40′, eu vou precisar correr na velocidade 14/15, coisa que é mais… digamos, difícil. Isso é verdade, principalmente se levarmos em contra que a maior velocidade que eu já cheguei, por enquanto, é a velocidade 11… =/

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Segundo dia e Boas intenções

Eu assumo: Primeiro dia, primeira falha. Fui tomar um café com um amigo (tomei chá sem açúcar, pode!) e acabei não indo nem à academia nem jantar no Espaço Vida Saudável da Herbalife.

Acontece. Eu errei mas nem foi tão mal assim, porque o erro não implicou em um excesso de calorias, e eu ainda jantei creme de abóbora sem NADA de outros carboidratos (Simplesmente cozinhe a abóbora com dois dentes de alho, um pedacinho de cebola, junte um copo de água e bata no liquidificador. Melhor sopa do universo) e não escapei da dieta em nenhum momento.

Mas teve uma hora da tarde que eu entrei em parafuso: não passavam as 3 horas necessárias para o meu próximo lanchinho e eu tive vontade de bater o teclado na minha testa. De mastigar papel. De chorar. Eu juro que algumas lágrimas tiveram de ser escondidas enquanto eu ouvia a minha barriga roncar até as 3 horas terem se passado e eu pudesse comer de novo.

Primeiro dia de dieta é terrível, né?

Eu pensei em comprar uma barrinha de ceral, mas não sei vocês, eu como uma barrinha de cereal e parece que… EU ABRI UM BURACO NO MEU ESTÔMAGO. Parece que a barrinha de cereal retirou todo tipo de saciedade que existia dentro de mim e a transformou em um brilhante letreiro de neon com a frase COMA NHOQUE estampada.

Mas, né, hoje tem academia. O que quer dizer que eu vou poder comer um pouco mais! ❤

 

f416db74d2520f8c17edb4dd2cf46387

Etiquetado , , , , , ,

Tudo novo, DE NOVO

Bom dia, gente!

Todo mundo animado? Que dia lindo! SÓQUENÃO. Acabou o feriado, se você mora em São Paulo está lidando com um clima MISERÁVEL nublado e úmido e frio e chato, e, principalmente, é segunda feira.

Eu estou com um pouquinho mais de mal humor por duas razões: esse mês eu faço 25 anos, e tinha me prometido algumas coisas que ainda não alcancei, tipo um namorado  emagrecer pelo menos 5kg no primeiro semestre, estou estudando para uma prova importante AND tem reencontro da minha turma da faculdade no sábado.

Um ano e alguns meses da festa de formatura, e, bom, são 5 dias para perder 10kg, vocês sabem como é. Sempre que algum evento importante aponta o meu primeiro impulso é: ROUPA NOVA-DIETA LÍQUIDA-PASSAR-FOME-MEU-DEUS- DO-CÉU-O-CAOS. Porque nesse tipo de evento tudo que você quer é chegar e simplesmente arrasar.

tumblr_mmwka66ihU1rlboyyo1_500 (1)

(Arrasando assim!)

Assumo, porém, que sempre desisto um dia depois de começar porque não vou perder 10kg, é preciso se render à realidade. Melhor comprar uma roupa nova, fazer a unha, maquiar o rosto e fingir que está tudo bem.

Dessa vez, como tem o Vai, Mariana! eu vou apimentar as coisas um pouquinho mais. Vou fazer uma semana observando a dieta de verdade. Anotando o que eu como todos os dias e indo à academia sem faltar nenhum diazinho, fazendo 3 vezes musculação e cardio todos os dias. Uma semana para ver se realmente ser chata restrita faz diferença na hora de escolher uma roupa nova para a grande cervejada de reencontro no sábado.

Já comecei com o meu suco dos Deuses (couve e maracujá) e lanchei uma porção de proteína e uma maçã. Vamos ver como me saio durante o dia.

ps: Aliás, como o dia está cinzento e triste, fiquem com uma música para animar.

http://www.youtube.com/watch?v=mrFQvGtRzYA

#VaiMariana!

Etiquetado , , , , , ,

Diário da Detox: 3º dia and going…

Oi gente!

Postando super tarde hoje… Tem que curtir um pouquinho o feriado, né?

Antes de postar meu cardápio de ontem, eu gostaria de agradecer a todos os leitores do blog pelo apoio. Hoje chegamos à marca de 300 curtidas no Facebook do blog.

Além disso, quero falar pra vocês me seguirem no instagram (@vaimariana_maguijurado, segue aí!rs), lá eu posto fotos do meu treino e das minhas comidinhas.

Agora vamos pro cardápio:

 

MEU CARDÁPIO – 3º dia:

Café da manhã:

– 1 copo de suco de inhame, batata yacon e limão

– 1 tapioca com geléia zero

Lanche da manhã:

– 1 caqui;

Almoço:

– 1 prato de salada crua: alface, rúcula e tomate;

– 2 col. de batata cozida;

– 2 col. de tremoço (enxaguado, para limpar a água da conserva, que tem muito sal);

– 2 col. de carne de panela;

– 2 col. de abobrinha refogada com tomate;

Lanche da tarde 1:

– 1 goiaba;

– 1/2 pote de creme de alfarroba (é um docinho do bem, mas exagerei na quantidade, eu sei…)

– 1 pêra;

Lanche da tarde 2:

– 1 punhado de canjica com sal marinho (essa canjica é o máximo, sacia e é pouquíssimo calórica! vou mostrar aqui em breve!);

– 1 maçã;

Jantar pré treino (um pouco de carboidrato para evitar o catabolismo):

– 1/2 cumbuca de sopa de lentilha;

Jantar pós treino (um pouco de proteina para recuperar o músculo):

– 2 ovos mexidos com cenoura e ervas;

Gostaram? Viram que, de acordo com o meu horário de treino, eu faço uma reorganização das refeições à noite?

Beijos

Etiquetado , , , , , , , , , , ,

Diário da Detox: 2º dia e estrutura do cardápio

E aí meu povo?

Vim aqui pra contar pra vocês como foi o meu 2º dia na detox. Antes disso, vou mostrar a estrutura básica do meu cardápio, para vocês entenderem melhor como eu monto as minhas refeições.

ESTRUTURA DO CARDÁPIO

Café da manhã:
– 1 copo de suco verde desintoxicante (no meu caso estou revezando o suco verde com outros, para colocar o inhame, com o objetivo de ajudar no controle dos meus hormônios que estão desregulados);

– 1 porção do grupo do “pão” (tapioca, pão sem glúten, torrada sem gluten, bolacha de arroz,etc.);

– 1 porção de acompanhamento para o pão (patê caseiro, geleia 100% frutas, banana amassada com canela, ghee, manteiga, etc.);

– 1 porção de fruta (qualquer fruta, ou um copo de salada de frutas, quando consumo banana, ponho direto na tapioca ou torrada);

Lanche da manhã:

– 1 fruta

Almoço:

– de 1/2 a 1 prato de salada crua (folhas, legumes);

– 1 porção de proteína (1 bife, 1 filé de frango, 1 posta de peixe, 1 lata de sardinha, 2 ovos mexidos);

– 3 col. de carboidrato do bem (arroz integral, quinoa, mandioca, mandioquinha, inhame, batata doce);

– 3 col. de legumes ou verduras cozidas/refogadas;

– 2 col. de “grãos” (feijão, grão-de-bico, lentilha, feijão fradinho, ervilha);

– 1 fruta de sobremesa;
Obs: Aqui às vezes eu diminuo as porções, porque é muita comida pra mim!rs

Lanche da tarde 1:

– 1 porção de cereal ou “pão”;

– 1 porção de fruta;

Lanche da tarde 2:

– 1 porção de fruta;

Obs: Eu tenho invertido os lanches da tarde, pois tenho saído do escritório diretamente para a academia. Pra treinar, é necessário que tenhamos consumido ao menos 30g de carboidrato antes do início do treino, o que justifica a troca.

Jantar:

Repetir o almoço, tirando o grupo dos “grãos”;

Ceia:

– 1 porção de fruta (se tiver jantado muito antes de ir dormir);

MEU CARDÁPIO – 2º dia:

Café da manhã:

– 2 copos de suco de inhame, framboesa congelada, banana e kiwi

– 1 punhado de pipocas de canjica com sal marinho (estava atrasada…hehe)

Lanche da manhã:

– 1 caqui;

Almoço:

– 1 prato de salada crua: alface, rúcula e tomate;

– 2 col. de arroz (comum… minha mamis não fez o integral);

– 2 col. de tremoço (enxaguado, para limpar a água da conserva, que tem muito sal);

– 1 filé de frango grelhado;

– 2 col. de brócolis cozido;

Lanche da tarde 1:

– 1 barrinha de alfarroba (vou falar dela em breve!);

– 1 pêra;

Lanche da tarde 2:

– 1 punhado de canjica com sal marinho (essa canjica é o máximo, sacia e é pouquíssimo calórica! vou mostrar aqui em breve!);

– 1 goiaba e 1 maçã;

Lanche da tarde 3 (sim… teve um terceiro lanche, pois fiquei trabalhando até mais tarde e depois ia treinar):

– 1 espiga de milho cozido;

Jantar:

– salada crua: alface rúcula e tomate;

– 2 col. de carne de panela;

– 1 batata cozida pequena (só para me recuperar do treino, pois já tinha consumido bastante carbo antes de ir pra academia);

–  2 colheres de abobrinha cozida;

Reparem que, quando saio do meu horário normal, tento remanejar alguns elementos do cardápio.

Dúvidas pessoal???

Esse foi mais um dia de detox… Amanhã posto o que consumi hoje, ok?

Etiquetado , , , , , , , , , , ,

Diário da Detox: 1º Dia

Olá!!!!
Conforme prometido, segue o cardápio do meu primeiro dia de detox:

Café da manhã (7:30):

– suco de inhame cru com framboesa congelada e abacaxi (eu sei que parece estranho, mas é gostoso! E ajuda a regular os hormônios. É só não cozinhar o inhame, senão fica ruim)

– tapioca (não tem glúten e substitui o pão) com banana e canela (coloco a banana no microondas com a canela).

Lanche da manhã (10:30):

– goiaba

Almoço (13:00):

– salada crua: alface americana, escarola, agrião e tomate (salada crua pode comer à vontade e antes de iniciar a refeição)

– 2 colheres de beterraba

– 1 filé de frango grelhado

– 2 colheres de arroz integral

– 2 colheres de feijão preto (não feijoada)

– 1 rodela de abacaxi de sobremesa

 Lanche da tarde 1 (16:00):

– 1 alfarroba recheada com côco

Lanche da tarde 2 (18:30):

– 1 maçã

– 1 pêra

Jantar (21:00):

– salada crua: alface americana, rúcula e tomate

– 2 colheres de brócolis

– 1 frango grelhado

– 1/2 cumbuca de feijão (aqui substituí uma porção de carboidrato por mais feijão – que também é carboidrato- porque gosto de comer feijão como se fosse sopa, na cumbuca)

Ceia (23:00):

– 1 carambola

Image

Almoço no kilão perto do escritório. Viram como é possível?

Apesar das restrições, não é nenhum bicho de 7 cabeças fazer a detox, não é mesmo?

Comidinha caseira resolve o problema!

Vamos comer de forma saudável?

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , ,

Diário da detox: Restrições e novos hábitos

Olá meus amores,

Como eu disse ontem, retomei a minha detox. Serão 30 dias com várias algumas restrições, que em princípio podem parecer radicais, mas que são essenciais para “limpar” o organismo, melhorando seu funcionamento e aumentando o metabolismo.

Com o tempo vou explicando o motivo de cada “corte”, e a relação de alguns alimentos com a chamada alergia tardia (aqui e aqui tem posts legais adiantando o assunto).

Restrições absolutas (não consumir por 30 dias):

1. Glúten (farinha branca, aveia, etc.)

2. Lactose (leite de origem animal e seus derivados)

3. Frituras

4. Açúcar (mesmo orgânico, mascavo e mel – frutose pode)

5. Álcool

Image

Sem cervejinha no findi…

Restrições relativas (evitar ao máximo):

1. Soja (ao contrário do que muita gente pensa, é uma vilã… Descalcifica os ossos)

2. Corantes e aditivos químicos, o que significa esquecer

– Sucos industrializados, refrigerantes, água com gás, água de côco de caixinha, suco em pó (eu tomo só o “Do Bem” que é orgânico e sem conservantes, mas existem outros que são permitidos);

– Adoçantes à base de aspartame, sacarina e ciclamato (utilizar stevia, sucralose – de preferência o Línea – ou agave);

– Condimentos industrializados, tais como Sazon, Caldo Maggi, Molho Inglês, Catchup, Shoyu (o light é melhorzinho), fujam de uma coisa chamada Glutamato Monossódico!!!!;

– “Pózinhos”: sopinhas, sucos, pudins, etc.;

– Balas, chicletes, bolachas recheadas e salgadinhos;

– Sal comum (utilizar sal marinho, flor de sal ou sal do himalaia);

– Congelados.

Gente… EU SEI QUE PARECE DIFÍCIL, MAS NÃO É!!!! Se a gente parar pra pensar, a ideia é bem simples: passar a consumir alimentos, “comida” de verdade, e não produtos alimentícios. O negócio é fugir das “praticidades” que o mercado nos impõe.

Uma dica muito importante é ler o rótulo dos produtos que consumimos, verificando os ingredientes, que estão listados em ordem decrescente de quantidade. Tem muita coisa que é “do bem” e a gente nem sabe (biscoito de polvilho, um beijo!).

Com o tempo a gente se acostuma a comer direito.

Hábitos a incorporar:

1. Comer a cada 3 horas (sério mesmo?)

2. Comer um prato de salada crua antes das refeições

3. Evitar chá preto e café (cafeína)

4. Consumir pelo menos 5 frutas por dia

5. Dedicar ao menos 30min para a refeição (mastigação)

6. Consumir líquidos apenas 1:30h após as principais refeições (almoço e jantar)

7. Variar os nutrientes ao máximo (por exemplo, variar a proteína entre frango, peixe, carne vermelha e ovos)

8. Tomar entre 2L e 2,5L de água por dia (jura?rs)

9. Consumir alimentos orgânicos sempre que possível!

É isso aí meu povo… Sei que parece difícil, mas conforme eu for postando meus recordatórios (a lista de tudo que comi no dia anterior), vocês vão perceber que é mais natural do que parece.

Dúvidas? Comentem! Vou responder tudinho nos comentários.

Beijos

Update: Me perguntaram sobre a aveia – que eu disse acima para evitar – porque os nutricionistas falam que a aveia é ótima, etc.
Realmente a aveia tem várias vantagens, é rica em fibras, dá a sensação de saciedade e controla os açucares das frutas, etc. Eu mesma consumo muita aveia batida com frutas em épocas normais.
Ocorre que esta é uma dieta de desintoxicação, onde o glúten está proibido por ser um alérgeno (acima eu linkei posts que falam sobre alergia tardia), e a aveia contém glúten. Sendo assim, neste período, ela não é permitida, podendo ser facilmente substituída por quinua em flocos ou amaranto, que não tem glúten e cumprem a mesma função.

Etiquetado , , , , , , , , , , , ,

Ver TV para Emagrecer

Siiiiiim, vocês leram isso. Ver TV para emagrecer. Só que não né.  É impossível perder peso parado, e, a menos que você esteja doente ou usando uma cinta vibratória da polishop, não vai rolar.Eu só queria convencer você a vir aqui ler o post 😉

Acontece que emagrecer não é apenas uma questão de menos calorias. Mudar de postura também é necessário! E, nesse ponto, trocar sessões de Grey’s Anatomy que PEDEM Litros de sorvete de doce de leite por uns realities bem inspiradores pode ser uma boa ideia.

tumblr_mgdrwnI9uW1s30b46o1_500

(Já ISSO não é uma boa ideia)

Como hoje eu estou de molho doentinha em casa e só me restou a TV e uma garrafa de água de dois litros para tentar sobreviver ao dia (resquícios de um final de semana animado e cheio de calorias exercício que ainda vai render post por aqui!), eu aproveito para dividir com vocês os meus seriados preferidos, mas aqueles que ajudam 😉

1.  Quilo por Quilo (Extreme Makeover, Weight Loss Edition)

No Brasil passa no DH&H, e é reapresentado o tempo todo. Apesar da tradução de título tosca desnecessária, o programa é MUITO bom. Para quem ainda não viu, a ideia é a seguinte: você tem um ano para mudar a sua vida. Mudar de atitude, de alimentação, a forma como você lida com e, com isso, emagrecer.

Gosto demais desse seriado porque, ao contrário dos outros, o foco é no exercício, não no emagrecimento. Quem passa pelo programa normalmente tem uma mudança de paradigma – e você vê claramente as pessoas pararem de mimimi e começarem a fazer algo por si mesmas. Sem falar que existem poucas coisas mais legais que um antes e depois né? Eu adoro!

O Treinador, Chris Powell também tem um site com um blog muito bom, com várias diquinhas de exercício. Além de ser uma delícia uma boa razão para ver EM:WLE.

cris

(Não é por isso que eu vejo o seriado. Eu juro)

2. The Biggest Loser

Dispensa apresentações. Não conheço NINGUÉM que não goste de The Biggest Loser, porque ele une três coisas que todo mundo ama: competição, imagens de antes e depois e CONFUSÃO.  Os participantes se amam, se odeiam, fazem conchavos que são apenas uma mentirinha para colocar alguém para fora, e tudo isso enquanto correm loucamente nas esteiras da academia do rancho pagando cofrinho. Uma mistura irresistível.

Eu não sou muito à favor dessas mudanças super drásticas, porque, falando sério, quem consegue manter 24 horas de academia por dia??  É muito divertido, se você ignorar essa parte de fantasia, ou encarar mesmo só como um seriado. A cada temporada os participantes ficam maiores, e as mudanças de corpo ficam cada vez mais drásticas.

E, sabe uma coisa que é mais legal ainda? Você sabia que a Jillian Michels era… GORDEEENHA?

 

tumblr_mdczm6HwZN1qj6ufvo1_500

(Chupa, society)

3.  Esquadrão da Moda (What not to wear)

“Mas, Rosa, Esquadrão da Moda não é um seriado de emagrecimento” você me dirá. Mas What Not To Wear é, com certeza, um dos seriados mais incentivadores de todos os tempos. Por que ali é gente real lidando com corpos reais e ficando linda exatamente do jeitinho que cada um é. Não importa se você usa 54 ou 36, é impossível sair do WNTW sem estar absolutamente deslubrante: e eles provam isso para você

Emagrecer é muito legal (se você não leu esse post, leia agora) mas também é uma questão de amor próprio. Estar linda não tem a ver com o seu peso, apenas, mas muito mais em como você se sente em relação ao mundo. E o What Not to Wear mostra que isso é muito verdadeiro: inclusive, a maior parte das participantes é de mulheres que emagreceram e continuam a se vestir mal, porque não enxergam o próprio corpo.

Assisto desde a adolescência, e o programa só fica melhor. Não perco um, e é uma das razões pelas quais eu não saio de casa de quarta feira à noite (EU ASSUMO, É POR ISSO!), dia em que o seriado passa. A combinação da acidez do Clinton Kelly e a ironia da linda Stacey London é de arrasar.

A Stacy London, inclusive, é uma das minhas maiores inspirações fitness ❤

melhor nao

(Stacy London desaprova estar em terceiro lugar)

#VaiMariana

Etiquetado ,